Certificado Digital: tudo sobre esse recurso tecnológico que ajuda diversas pessoas físicas e jurídicas

Em um mundo com diversos avanços tecnológicos, existem hoje muitas formas de comprovar a identidade sem ter que carregar diversos documentos e papéis por onde for. Um deles que tem ganhado espaço é o certificado digital.

Apesar de virtual, ele possui o mesmo valor e importância que uma assinatura feita de próprio punho no papel, mas oferece duas grandes vantagens: não precisa reconhecer firma no cartório e pode ser feita pelo computador ou celular.


Quer saber mais sobre o assunto? Então continue lendo este conteúdo e saiba o que é este documento, qual a finalidade, como ter um certificado digital e para quem é obrigatório. Boa leitura!

O que é e para que serve o certificado digital?

A primeira dúvida que fica é, afinal, o que é o certificado digital? Para isso, a resposta é simples, ele é uma espécie de carteira de identificação virtual. Além disso, ele possibilita a assinatura de documentos à distância, que não precisa ser feita no papel. Por outro lado, ele contém dados sobre quem a utiliza e assegura aspectos de segurança em transações digitais.


E como funciona o certificado digital de empresas? Além de permitir a assinatura de contratos e autenticação de documentos, você consegue resolver pendências com a Receita Federal e outros órgãos, diminui burocracias, simplifica os dias, e ganha mobilidade e agilidade por economizar tempo, dinheiro e recursos ambientais.

Quem precisa ter esse documento?

Ainda falando sobre qual a importância do certificado digital, é importante saber que ele é obrigatório para quem deseja emitir Nota Fiscal Eletrônica, mesmo para quem possui MEI ou está cadastrado no regime Simples Nacional.

Porém, existem dois modelos: o certificado digital de empresa e o de pessoa física. Mas de forma geral, para saber se você precisa ter ou não, é importante ter em mente que o Ajuste SINIEF 12/16 diz ser necessário ter o certificado se você deseja emitir nota fiscal.

Como obter o certificado digital?

E afinal, como eu faço para ter o certificado digital? É necessário ter os seguintes documentos, que devem ser apresentados ao órgão emissor:

  • Cartão com CNPJ;
  • Cadastro no SINTEGRA;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Documento de comprovação da identidade do responsável cadastrado na Receita Federal;
  • Estatuto da empresa.

Tendo isso em mãos, basta ir à autoridade certificadora, coletar biometria e validar por meio do pagamento de uma taxa.

Agora, após tudo sobre esse assunto, não perca tempo e garanta o seu certificado digital hoje mesmo. Confira também o nosso blog para mais conteúdos como esse!