Todo número recebe uma classificação de acordo com a sua base, sistema e outras diversas características diferentes. O sistema binário, por exemplo, é constituído por um grupo numérico que tem como base apenas 2 algarismos. Esse diferente e peculiar sistema numérico é uma importante sequência que serve para diversos cálculos matemáticos, principalmente na informática.

 

Neste post ensinaremos o que é sistema binário, quais as suas características e as suas principais aplicações nas mais variadas áreas do conhecimento. Além disso, ensinaremos um pouco sobre história do sistema binário, como ele surgiu e suas aplicações atuais. Confira a seguir tudo que você precisa saber sobre esse sistema e para que ele é usado no dia a dia:

 

O que são números binários?

numeros binarios

Os números binários são constituídos por um sistema que utiliza 2 algarismos como base sequencial. Esse tipo de abordagem é muito comum entre os sistemas numéricos. Como exemplo temos o hexadecimal, que utiliza 16 algarismos, o octal, que possui 8 algarismos, o decimal, que possui 10 algarismos, entre muitos outros sistemas. No caso do binário, o próprio nome já diz tudo. Nesse sistema a base numérica é constituída por 2 algarismos, sendo eles: 0 e 1.

 

Por ter uma base de apenas 2 algarismos, o sistema binário também está relacionado com o sistema posicional. Esse segundo sistema na verdade é apenas a ordem com que cada número é manifestado dentro de um sistema numérico. Por exemplo, os sistemas numéricos octal, hexadecimal, decimal e binário utilizam um sequenciamento com ordem posicional. Caso eles não utilizassem o sistema posicional, os números ficariam bagunçados e tornariam as conversões inviáveis.

 

Fonte: https://calculareconverter.com.br/soma-binaria/

 

Para que eles são usados?

 

Os números binários são utilizados em larga escala pela linguagem de computação. Todos os computadores do mundo trabalham através do sistema binário. Dentro dos computadores digitais há dois níveis de tensão, que correspondem respectivamente ao sistema binário.

 

Na linguagem de computador, temos a simplificação do cálculo binário para a lógica booleana. Nesse caso, cada dígito binário dentro de um computador, que é constituído pelos números 0 e 1, recebe o nome de bit, que vem do termo em inglês Binary Digit.

 


Mas se o sequenciamento numérico possui 8 bits, ou 8 números binários, o termo utilizado é byte, que deriva do termo em inglês Binary Term. Há ainda um nome específico para o agrupamento de apenas 4 bits, que é chamado pelo termo nibble.

 

Outra funcionalidade do sistema binário está na Álgebra booleana, que é um tipo de cálculo matemático desenvolvido pelo matemático inglês George Boole. O sistema binário serve como base para a Álgebra booleana, que tem como finalidade a operação de cálculos lógicos e aritméticos utilizando apenas dois dígitos ou ainda dois estados, podendo ser “sim ou não”, “verdadeiro ou falso”, “ligado ou desligado”, “0 e 1”, entre diversas aplicações binárias.

 

Considerando essas características, todo sistema de computação do mundo, assim como a eletrônica digital, está diretamente baseada no sistema binário. Além disso, todos esses mecanismos utilizam como base a lógica de Boole, que é o principal meio de cálculos para circuitos eletrônicos digitais.

 

Outra característica do sistema binário é que ele é utilizado para codificar programas e outras aplicações de computadores. Esse tipo de codificação é armazenada em mídias como discos, memórias, entre outros pontos dentro de um computador. Considerando esse fato, a informação armazenada e codificada pelo sistema binário recebe a classificação de voltagem mais alta ou mais baixa, onde 1 é a mais alta e 0 é a mais baixa.

 

História do sistema binário

 

A primeira descrição desse sistema surgiu através do século III a.C. com estudos realizados pelo matemático indiano chamado Pingala. Ele representou esse sistema através de uma sequência numérica com 8 algarismos, considerando os números de 1 e 0 em símbolos modernos. A primeira aplicação do sistema binário foi feita da seguinte forma: 001, 010, 011, 100, 101, 110, 111 e 1000.

 

Depois dessa primeira descrição, outros matemáticos se aventuraram em descobrir as aplicações do sistema binário para contextos mais atuais. A forma mais moderna desse sistema foi descrita no século XVIII pelo matemático Gottfried Leibniz. A definição de Leibniz para o sequenciamento binário é utilizada atualmente em computadores e cálculos matemáticos.

Por fim, houve ainda complementações para esse sistema, que aconteceu por meio de George Boole, com a Álgebra Booleana e por meio de Claude Shannon, com sua tese sobre a aritmética binária escrita através do MIT (Massachusetts Institute of Technology).

Recomendados para você: