Novo Fies 2018 tem muitas novidades, veja como estudar com esse financiamento estudantil!

Quem quer estudar e se qualificar para o mercado, andava triste por não ter um programa de financiamento estudantil desde a troca para o governo temer, que havia encerrado programas como o Fies. Claro, alguns programas particulares como quero bolsa e educa mais brasil continuaram existindo, mas não eram a mesma coisa. Mas uma boa notícia chegou recentemente para essas pessoas, é que em 2018 o governo irá lançar uma nova iniciativa educacional, o novo fies 2018. Acompanhe conosco e veja como irá funcionar!

O que é o Novo FIEs 2018

O novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) vai oferecer 310 mil novas vagas para 2018, sendo 100 mil a juros zero. Essa é a promessa da atualização do programa, que será sancionado nesta quinta-feira (7/12) pelo presidente da República, Michel Temer. A expectativa do Ministério da Educação é de que as mudanças assegurem sustentabilidade a médio e longo prazo.

novo fies 2018

Por que foi criado um novo fies?

O antigo modelo do Fundo de Financiamento Estudantil vinha gerando aumentos consecutivos no percentual de inadimplência registrado pelo programa, que chegou a atingir 50,1%. Em 2016, o ônus fiscal do Fies foi de R$ 32 bilhões, valor 15 vezes superior ao custo apresentado em 2011. Tais números, juntamente com um fundo garantidor insuficiente, colocavam em risco a existência do programa e a manutenção do ritmo de cessão de bolsas.

Quem pode se inscrever

O FIES exige que o candidato se encaixe em determinados critérios de desempenho na prova do Enem e de renda familiar para se inscrever. Isso continua válido para o FIES 2018 – o que muda é que o teto da renda familiar aumentou.

Antes, a renda familiar bruta mensal devia ser de até três salários mínimos por pessoa. Agora, o FIES 2018 permite renda familiar bruta mensal de até cinco salários mínimos por pessoa.

A outra exigência do programa, de desempenho no Enem, continua a mesma. Para se inscrever é obrigatório apresentar pelo menos 450 pontos na média das provas de qualquer Enem a partir de 2010, sem ter zerado a redação.

Faixas

O Fies terá três modalidades, faixas 1, 2 e 3. A faixa 1 é composta de beneficiários com taxa zero, exclusiva para estudantes que têm renda familiar de até 3 salários mínimos. Eles receberão aportes do Tesouro Nacional para o fundo garantidor e de instituições de ensino


Como fazer a inscrição do Novo FIES

O primeiro passo para efetuar a inscrição consiste em acessar o Sistema de Seleção do FIES (FIES Seleção) e informar os dados solicitados. No primeiro acesso, o estudante informará seu número de Cadastro de Pessoa Física (CPF), sua data de nascimento, um endereço de e-mail válido e cadastrará uma senha que será utilizada sempre que o estudante acessar o Sistema.

Após informar os dados solicitados, o estudante receberá uma mensagem no endereço de e-mail informado para validação do seu cadastro. A partir daí, o estudante acessará o FIES Seleção e fará sua inscrição informando seus dados pessoais, do seu curso e instituição. Fonte: http://sisfiesportal.mec.gov.br/?pagina=faq

2° Passo: Inscrição no SisFIES

O estudante pré–selecionado deverá acessar o SisFIES e efetivar sua inscrição, em até 5 (cinco) dias corridos a contar da divulgação de sua pré–seleção, informando os dados de financiamento a ser contratado.

novo fies 2018 sisfies

3º Passo: Validação das informações

Após concluir sua inscrição no SisFIES, o estudante deverá validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), em sua instituição de ensino, em até 10 (dez) dias contados a partir do dia imediatamente posterior ao da conclusão da sua inscrição. A CPSA é o órgão responsável, na instituição de ensino, pela validação das informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição.

4º Passo: Contratação do financiamento

Após a validação das informações, o estudante, e se for o caso, seu(s) fiador(es) deverão comparecer a um agente financeiro do FIES em até 10 (dez) dias, contados a partir do terceiro dia útil imediatamente subsequente à data da validação da inscrição pela CPSA, para formalizar a contratação do financiamento.

No ato da inscrição no SisFIES, o estudante escolherá a instituição bancária, assim como a agência de sua preferência, sendo o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal os atuais Agentes Financeiros do Programa.

Atenção! Os prazos para validação da documentação junto à CPSA e para comparecimento à instituição bancária começam a contar a partir da conclusão da inscrição no SisFIES e da validação da inscrição na CPSA, respectivamente, e não serão interrompidos nos finais de semana ou feriados.

Conclusão

Bem pessoal, esperamos que as informações tenham sido úteis e que consigam se inscrever no novo fies 2018 com sucesso

Sugestões de outros artigos podem deixar nos comentários!

Recomendados para você: