Empréstimo com garantia de imóvel: como quitar sua dívida sem comprometer sua renda


Quando precisamos de dinheiro para investir em um sonho, seja ele abrir o próprio negócio, fazer um intercâmbio ou até mesmo pagar a faculdade, os empréstimos acabam sendo a resposta de imediato. Todavia, quando você não se planeja financeiramente, eles podem acabar se tornando mais um problema em vez de uma solução. 

Para evitar que isso aconteça, vamos falar sobre como quitar seu empréstimo com garantia de imóvel sem comprometer a sua renda. Quer saber mais? Continue acompanhando!

Elabore um planejamento financeiro

O primeiro passo para saber se você consegue assumir uma dívida é elaborar um planejamento financeiro.

Nessa etapa, você deve considerar todos os gastos atuais que você tem com todas as despesas da casa, incluindo os gastos com roupas, viagens e comida. 

Ao colocar na ponta do lápis a quantia gasta por você e outros membros da sua família, por exemplo, fica mais fácil identificar quanto um empréstimo comprometeria o seu pagamento.

Corte gastos menos essenciais

Depois de ter um planejamento financeiro claro e bem definido, é hora de cortar gastos. Você sempre deve começar pelos menos essenciais, que geralmente entram na parte do lazer, como idas ao cinema ou ao restaurante e outras comodidades como a assinatura de serviços de streaming.

Entretanto, se o valor do empréstimo for compatível com sua capacidade de pagamento e se você tiver completado a etapa anterior com atenção e cuidado, é possível que ainda sobre dinheiro para pequenos luxos, mesmo com a dívida a ser quitada.

O importante é encontrar um equilíbrio na hora de destinar seu dinheiro às responsabilidades da casa e ao empréstimo. Isso não significa que você nunca mais poderá viajar ou jantar fora, apenas quer dizer que, quanto mais você se planejar financeiramente, mais chances terá de evitar transtornos. E ainda poderá ter momentos de lazer eventualmente.

Tenha uma reserva para emergências

Um dos perigos de ter sua renda mensal toda planejada e destinada para gastos previamente calculados, é que os momentos de emergência não cabem no seu orçamento.


E para que os imprevistos não o impeçam de pagar sua dívida nas datas certas, é essencial ter uma reserva financeira.

Ela pode ser muito útil para saldar despesas médicas inesperadas ou servir como alicerce temporário após uma perda repentina de emprego, por exemplo.

Existem inúmeras situações emergenciais que podem acabar interferindo na sua estabilidade e no seu plano de pagamento do empréstimo com garantia de imóvel. Por isso, não hesite em destinar uma parte do seu dinheiro para poupança ao elaborar seu planejamento financeiro.

Evite se comprometer com novas dívidas

Enquanto o prazo do pagamento não terminar, evite comprometer o seu salário com novas dívidas, afinal, isso vai significar ainda menos dinheiro para suas outras despesas e atividades, o que pode ter um impacto significativo sobre seu padrão de vida.

Se essa nova dívida for muito necessária e indispensável, então recomendamos que você avalie muito bem seu cenário financeiro antes de tomar uma decisão. Reflita sobre qual será o impacto real desse outro débito no pagamento do seu crédito com garantia de imóvel e na sua renda como um todo.

É fundamental fazer reajustes ao seu planejamento inicial ou até mesmo elaborar um novo plano de pagamento de despesas começando do zero. Afinal, uma nova dívida não afeta apenas o seu salário líquido e o pagamento da sua solicitação de crédito inicial, mas também a quantidade de atividades destinadas ao lazer que você poderá ter em seu cronograma mensalmente.

Não atrase o pagamento das parcelas

Por mais óbvio que pareça, um dos passos mais importantes para conseguir pagar sua dívida em dia é não atrasar o pagamento das parcelas. Não somente pelo motivo óbvio de que, ao deixar de fazê-lo, você não atinge o objetivo central deste texto, mas porque isso gera muitos transtornos futuros.

Uma vez que o empréstimo com garantia de imóvel utiliza sua residência como forma de assegurar o pagamento da dívida, é crucial realizar todos os pagamentos das suas parcelas antes da data de vencimento. Isso porque os bancos podem confiscar o seu bem e levá-lo a leilão depois de um certo número de faturas em aberto. 

Como vimos neste artigo, para poder usufruir do seu dinheiro e aplicá-lo da melhor forma que quiser e ainda manter o seu imóvel seguro, é preciso seguir alguns passos. Mas não se preocupe, basta ter disciplina e organização, é isso que faz essa concessão de crédito er a maneira mais eficiente de superar seus obstáculos e não se tornar mais um empecilho para sua saúde financeira e psicológica.