5 PONTOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O HOME OFFICE.


Existem ainda muitas pessoas que pensam que o home office é uma boa oportunidade de trabalhar menos e ganhar mais.

No entanto, essa modalidade de trabalho, exige um grande empenho do colaborador, para que sua produtividade não diminua, afetando os resultados da empresa, como o controle da jornada de trabalho.

Considerando que essa tem sido uma tendência que vem sendo cada vez mais adotada pelos gestores, que com isso, fazer uma economia significativa.

Bem como evita que os colaboradores percam boa parte do seu tempo no deslocamento para o trabalho.

O home office certamente é uma tendência que veio para ficar, mas para que isso aconteça da melhor maneira é preciso saber alguns detalhes.

Continue conosco a leitura desse artigo!

O que considerar antes de iniciar o home office?

home office

O home office enfrenta vários desafios, que devem ser conhecidos antes considerar essa nova modalidade de trabalho, confira!

1.O home office não é realizado somente em casa

Embora o mais comum é que o home office seja realizado em casa, existem profissões que precisam executar suas funções onde quer que esteja, como:

  • Parques;
  • Aeroportos;
  • Hotéis;
  • No trânsito.

Há ainda a possibilidade de compartilhar um escritório, o chamado coworking.

Dessa forma, além de evitar usar um cômodo da sua casa só para o home office, ainda oferece a oportunidade de:

  • Realizar o networking;
  • Troca de conhecimentos;
  • Evita-se o isolamento, que é muito comum nessa modalidade de trabalho.

2.Home office não é para todos os cargos e profissões

No caso em que o profissional exerce cargos de gestão ou direção, sua presença é, por muitas vezes indispensável, seja em reuniões, supervisão de tarefas ou interação com demais gestores ou colaboradores.

Já para os colaboradores, o home office só funcionará perfeitamente, se a empresa oferecer uma estrutura adequada.


Vale lembrar ainda, que a residência do colaborador deve estar preparada fisicamente para o trabalho remoto.

Além disso, a família deve entender como funciona seu trabalho e estar disposta a colaborar.

3.Ganhar muito e trabalhar pouco é um mito

Acreditar nessa ilusão é o que leva muitas pessoas a se frustrarem com o home office.

Pois é muito comum que se aconteça exatamente o contrário, ou seja, o trabalho fica ainda mais intenso.

Já que não conta com as interrupções que normalmente acontecem no escritório.

Para os freelancers e autônomos, que ganham por entrega de cada trabalho, a dedicação deve ser maior ainda.

Assim sendo, como muitas pessoas não conseguem delimitar o trabalho e a vida pessoal, o home office pode ser bastante desgastante.

4.Home office não é realizado todos os dias

O trabalho à distância é o sonho de muitos, porém, ele não evitará que você tenha que passar um bom tempo na empresa.

Visto que, o mais indicado é que o home office aconteça entre uma e três vezes na semana.

Até mesmo em situações que o trabalho é desenvolvido 100% à distância, o comparecimento do colaborador em reuniões presenciais, que podem ser semanais ou quinzenais, não é dispensado.

Afinal, esses são indispensáveis para garantir o alinhamento com as regras e estratégias da empresa, além de estreitar os vínculos com as pessoas.

5.Esqueça o pijama e a pantufa

trabalhar home office

Associar o home office com a possibilidade de passar o dia todo de pijama e pantufa é um grande equívoco.

Imagine participar de uma vídeoconferência com seus superiores, usando vestimentas que não condizem com a seriedade do trabalho, qual a credibilidade você terá?

Portanto, mantenha-se vestido como se estivesse no escritório.

Conclusão

Por mais que existam algumas restrições para o home office, as suas vantagens são muito maiores.

Ou seja, além de proporcionar maior flexibilidade de horários, maior autonomia e liberdade para os colaboradores.

Ainda possibilita para a empresa diminuição com os gastos e aumento da produtividade e engajamento por parte de seus funcionários.

Enfim, se ainda não conhece os benefícios do home office, está na hora de pensar e colocar em prática essa modalidade em sua empresa.