Saiba tudo sobre o Pronatec 2017, um programa do Governo Federal que amplia o acesso à educação profissional. Entenda como ele funciona e quais são os planos para o próximo ano.

O Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) foi criado em 2011, com o objetivo de garantir uma formação profissional de qualidade aos brasileiros. Ao qualificar a mão-de-obra, o programa aumenta as chances dos cidadãos no mercado de trabalho.

pronatec-2017-como-ira-funcionar

Nos primeiros quatro anos de existência, o Pronatec ofertou 8 milhões de vagas, voltadas para cursos de formação inicial e continuada (FIC) e cursos técnicos.

Em 2016, o programa se manifestou através do Pronatec 2.0, porém, por causa da crise econômica, ele não conseguiu cumprir a sua nova meta. A iniciativa está longe de oferecer o que prometeu à população nos próximos quatro anos, ou seja, 12 milhões vagas.

Como funciona o Pronatec?

O Pronatec é responsável por promover cursos profissionalizantes gratuitos. Para que isso seja possível, o programa mantém parceria com diversas instituições de ensino, como é o caso do Senai, Senar, Senat, escolas técnicas e institutos federais.


O programa é constituído por várias iniciativas, por isso não conta com um período unificado de inscrição (no caso da formação inicial e continuada). Cada instituição que apoia a iniciativa tem liberdade para adotar um prazo e definir os critérios de seleção. Já no caso dos cursos técnicos, os alunos são selecionados através do Sisutec, que considera a nota do Enem como critério.

Veja a seguir detalhes sobre as modalidades de cursos gratuitos Pronatec:

Formação Inicial e Continuada

A modalidade FIC reúne cursos de curta duração, que são focados na preparação de profissionais para as funções mais demandadas do mercado de trabalho. O Pronatec já ofereceu mais de 600 qualificações diferentes, distribuídas em 13 eixos tecnológicos. A carga horária de cada curso é de, em média, 160 horas.

Entre os cursos de formação inicial e continuada mais procurados, vale destacar: cabeleireiro, eletricista, mecânico, pintor de obras, desenhista de construção civil, auxiliar de confeitaria, pedreiro, auxiliar administrativo, agricultor familiar, balconista de farmácia e inglês.

pronatec-2017-como-ira-funcionar-1

Cursos Técnicos

O Pronatec também trabalha com a modalidade de cursos técnicos, com mais de 200 opções disponíveis em todo o Brasil. Essa modalidade se diferencia da anterior porque oferece uma formação mais completa, com carga horária de 800 horas ou mais.

As vagas para cursos técnicos do Pronatec são distribuídas através do Sisutec (Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica). A plataforma funciona de forma semelhante ao SISU, só que com foco na educação profissional.

Entre os cursos técnicos oferecidos pelo Pronatec, vale ressaltar: segurança do trabalho, logística, edificações, farmácia, mecânica, eletroeletrônica, informática, enfermagem e estética.

Qual será o destino do Pronatec 2017 ?

O destino do Pronatec para o próximo ano é incerto, afinal, a troca de presidente pode alterar muitos pontos do programa educacional. A expectativa é que o número de beneficiários seja reduzido, pois o Governo irá cortar R$1 bilhão da verba.

O Pronatec aparece como um dos programas que mais sofreu cortes por causa do ajuste fiscal. Para não chegar ao fim definitivamente, pelo menos a parceria com o Sistema S foi renovada para 2017.

E aí? Ficou alguma dúvida sobre o Pronatec 2017? Deixe um comentário.